Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Caldas da Rainha: Falta de médicos condiciona Urgências Obstétricas


quarta, 13 setembro 2017

A falta de médicos no Serviço de Obstetrícia do Hospital das Caldas da Rainha está a condicionar o acesso às urgências obrigando à transferência de grávidas para os hospitais de Santarém e de Santa Maria, em Lisboa.
Dos “21 médicos especialistas” de que o serviço deveria dispor o Hospital das Caldas da Rainha conta apenas com “10 médicos obstetras”, disse à Lusa o Conselho de Administração (CA) do Centro Hospitalar do Oeste (CHO), admitindo que a falta de clínicos está a provocar, em alguns dias o condicionamento das urgências daquele serviço.
De acordo com o CA, o funcionamento do Serviço de Urgência [de obstetrícia] “deve contar com dois a três especialistas de Obstetrícia durante 24 horas”, bem como com “dois enfermeiros, além da disponibilidade de um anestesista e de um pediatra”.
Embora a carência de médicos obstetras seja “sentida em todo o País”, no caso do CHO a situação agrava-se pelo facto de existirem “médicos com idade para dispensa de trabalho notcurno” e “absentismo por maternidade ou outras razões”, adiantou o CA.

Leia a notícia completa na edição em papel.

Diários Associados