Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Centro investe 22 milhões em monumentos nacionais


terça, 14 novembro 2017

Até 2020 irão ser investidos 22 milhões de euros na requalificação de monumentos nacionais na região Centro, no âmbito do programa Portugal 2020, revelou ontem, em Coimbra, a directora regional da Cultura do Centro, Celeste Amaro. "A reparação de imóveis classificados como monumentos nacionais vai avançar para permitir que as pessoas possam usufruir de locais que estavam esquecidos", disse Celeste Amaro na Sala dos Actos Grandes [Sala dos Capelos] da Universidade de Coimbra, onde decorreu a apresentação de um projecto que vai ligar em rede os sítios de Coimbra, Batalha, Alcobaça e Tomar que integram a lista de Património Mundial da Humanidade. 
No total, serão mais de meia centena os imóveis classificados como monumentos nacionais na região Centro que irão beneficiar de intervenções, que serão suportadas em 85 por cento por fundos comunitários. A selecção dos imóveis resultou de um trabalho de "mapeamento" que foi feito por técnicos da Direcção Regional da Cultura do Centro, em articulação com os municípios. No caso dos sítios de Coimbra, Batalha, Alcobaça e Tomar que integram a lista de Património Mundial da UNESCO irá ser feito ao longo dos próximos dois anos um investimento superior a 2,2 milhões de euros.

Leia a notícia completa na edição em papel.