Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Homicida de peregrinos condenado a prisão efectiva


quinta, 07 dezembro 2017
O condutor que, em 2015, atropelou mortalmente cinco peregrinos e deixou feridos com gravidade mais quatro, de um grupo proveniente de Mortágua, foi ontem condenado pelo Tribunal de Coimbra a seis anos de prisão efectiva, por cinco crimes de homicídio por negligência na forma grosseira e quatro crimes de ofensas à integridade física. Fica ainda inibido de conduzir durante um ano e meio (18 meses). Para o colectivo de juízes, presidido por Ana Margarida Vicente, ficou provada a maioria dos factos constantes da acusação, quanto à velocidade a que seguia Levan Moseshvili, de 26 anos, na madrugada de 2 de Maio - «conduzia, pelo menos, a 80 quilómetros por hora» - mas também quanto ao facto de o acidente se ter dado, na zona de Cernache, como consequência de uma «conduta grosseira do arguido», que envolveu a condução após consumo de álcool e substâncias psicotrópicas (cannabis) e sequência de um conjunto de ultrapassagens perigosas envolvendo uma outra viatura.
Leia a notícia completa na edição em papel.

Diários Associados