Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Empresários do sector dos mármores envolvidos em fraude fiscal


Foto: Arquivo sexta, 08 novembro 2019
São nove arguidos, com idades entre os 30 e os 60, todos ligados ao mercado de pedras ornamentais na região Centro do País. A maioria dedica-se à comercialização de mármores, e um deles estará, igualmente, ligado à indústria extractiva. Juntos arquitectaram um esquema de facturação fictício, através da simulação de compras e vendas, que não correspondiam a transacções efectivas de bens, que atingiram o patamar dos 10 milhões de euros, lesando o Estado em mais de um milhão e 800 mil euros.Em causa está uma mega operação desencadeada pela Polícia Judiciária, através da Unidade Nacional de Combate à Corrupção, em parceria com a Autoridade Tributária e a Direcção de Finanças de Lisboa, tutelada pelo Departamento de Investigação e Acção Penal de Lisboa, que contou com o apoio de elementos da Directoria do Centro e dos Departamentos de Leiria e Aveiro da PJ, num total de uma centena de operacionais. 
Leia a notícia completa na edição em papel.