Unidade especializada em Alzheimer recebe doentes em Fátima

Unidade especializada em Alzheimer recebeu ontem os primeiros doentes. Obra de quatro milhões de euros deverá abrir até ao final do ano

Autor da Imagem: 
DR

A Unidade de Cuidados Continuados Bento XVI, em Fátima, vocacionada para o tratamento de pessoas com demência e especializada no tratamento de doentes com Alzheimer, recebeu ontem os dois primeiros doentes, disse à Lusa fonte da instituição.
O investimento realizado naquele espaço, que deverá abrir até ao final do ano, é superior a quatro milhões de euros e terá uma capacidade de resposta para 60 doentes, adiantou o administrador-delegado da unidade.
"Esta obra da União das Misericórdias Portuguesas procura dar resposta ao que não existe em Portugal, que é uma unidade para receber doentes com demências, particularmente doentes de Alzheimer, uma situação cada vez mais premente, tendo em conta o aumento da longevidade", explicou Joaquim Guardado.
A unidade, que integra a Rede Nacional de Cuidados Continuados e que foi apoiada pelo Estado em 750 mil euros, tem como responsável clínico o professor catedrático de Psiquiatra da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa e director do Hospital do Mar, Caldas Almeida.

Ler notícia completa na edição em papel