Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Diretor: 
Adriano Callé Lucas

Distrito registou maior número de mortes por afogamento no primeiro trimestre


Texto: Agência Lusa | Foto: LFC Sexta, 16 de Junho de 2023

O distrito de Leiria foi aquele onde se registaram mais mortes por afogamento no primeiro trimestre deste ano, de acordo com dados da Federação Portuguesa de Nadadores-Salvadores.
Das 27 mortes, cinco delas ocorreram no distrito de Leiria, seguido de Faro (quatro), Lisboa e Setúbal (três cada), além do Porto e Santarém (dois cada).
Segundo os números do Observatório do Afogamento da federação, divulgados em comunicado, as 27 mortes (22 homens, quatro mulheres e um cujo sexo não foi divulgado) já superam as 24 ocorridas no ano passado, entre 1 de janeiro e 31 de março, o que representa uma subida de 12,5%.
Conforme o organismo, o aumento de mortes em meio aquático “reveste-se de especial preocupação, pois 2022 foi um ano com especial aumento do afogamento em Portugal”.
De acordo com os dados, a maior parte dos afogamentos ocorreram à tarde (48,1%), todos em locais não vigiados, e somente três foram presenciados e tiveram tentativa de salvamento.

Leia a notícia completa na edição em papel.


Assinaturas