Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Diretor: 
Adriano Callé Lucas

UD Leiria empata a uma bola e deixa ‘escapar’ pontos frente ao FC Porto B


Texto: Agência Lusa e Redação | Fotografia: Luís Filipe Coito Segunda, 05 de Fevereiro de 2024

A UD Leiria e o FC Porto B empataram este sábado 1-1, em jogo da 20.ª jornada da II Liga de futebol disputado no Estádio Municipal de Leiria e cujo resultado foi fixado na primeira parte.
Os portistas adiantaram-se cedo no marcador, por Abraham Marcus, aos 19 minutos, mas permitiram a igualdade no final da primeira parte, através de Bura, aos 45+2, num encontro em que ficaram reduzidos a 10 elementos aos 61, por expulsão de Zé Pedro.
Em caso de vitória, a UD ultrapassava o adversário na tabela e, por isso, a equipa entrou ambiciosa e a querer dominar, mas, a partir dos 10 minutos, os portistas acertaram nas marcações, começaram a pressionar mais alto e a criar problemas aos leirienses.
Romain Correia ameaçou aos 12 minutos, num cabeceamento por cima num canto, e, à segunda tentativa, o FC Porto B chegou ao golo: Zé Pedro lançou bem Gui Guedes na esquerda, o extremo acelerou e serviu de 'bandeja' para o 1-0 de Abraham Marcus, de cabeça e sem marcação, aos 19 minutos. A UD Leiria quase empatou logo depois: erro dos centrais portistas e Bryan Róchez ficou isolado, mas o 'chapéu' saiu ao lado. Numa fase movimentada, o FC Porto B quase voltou a marcar aos 32 minutos, com Gui Guedes a rematar contra Fábio Ferreira. Na recarga, o guarda-redes da UD Leiria travou a tentativa de Martim Fernandes.
Os leirienses forçaram o ritmo e igualaram no período de descontos da primeira parte: cruzamento de Lucho Vega para o poste mais distante e o central Bura desviou de cabeça para a baliza do FC Porto B, com a bola a bater na barra antes de entrar.
O treinador da União, Vasco Botelho da Costa, lançou Jair Matheus para a frente no segundo tempo e o brasileiro fez estragos: aos 57 minutos foi travado por Zé Pedro, num lance que, após revisão pelo VAR - com decisão comunicada ao público presente no Estádio de Leiria - levou à expulsão, com vermelho direto, do central portista. A partir desse lance, contudo, o jogo arrefeceu. Para tentar a vitória, o treinador dos leirienses prescindiu do trio de centrais a um quarto de hora do fim, colocando mais gente à frente.
Mas o FC Porto B congelou o jogo e as tentativas da equipa da casa para chegar à baliza de Gonçalo Ribeiro foram todas infrutíferas, mantendo-se até final a igualdade a um golo.

Expulsão de portista deixou UD Leiria “desconcentrada e intranquila”
No rescaldo da partida, o treinador da UD Leiria, Vasco Botelho da Costa comentou a expulsão do portista Zé Pedro, aos 57 minutos, depois de ter travado Jair Matheus, reconhecendo que o cartão vermelho “influenciou o jogo para pior” da parte do clube do Lis.
“A partir do momento da expulsão, tivemos um período de sete, oito minutos em que a equipa levou um bocadinho de tempo a encontrar-se e, depois, já foi mais coração que cabeça porque criámos ‘n’ situações. Se tivéssemos tido um pouco mais de calma talvez conseguíssemos ter chegado ao golo”, afirmou o treinador da UD Leiria, no espaço de entrevistas rápidas, logo após a partida, admitindo que a equipa ficou “desconcentrada e intranquila” depois da expulsão do jogador portista.
Considerando que se tratou de um “jogo difícil”, Vasco Botelho da Costa disse, contudo, que se tivesse que ganhar alguma equipa, seria a equipa do Leiria”, pelo trabalho realizado em campo, sobretudo na segunda parte, período em que foram corrigidos alguns aspetos.

Leia a notícia completa na edição em papel.


Assinaturas