Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Diretor: 
Adriano Callé Lucas

Vencedores dos PLAY são conhecidos hoje. Artista alcobacense está nomeada


Legenda: A Alcobacense Jüra está nomeada para os prémios Play | Texto: Agência Lusa | Foto: Joanna Correia Quinta, 16 de Maio de 2024

Os vencedores dos PLAY – Prémios da Música Portuguesa são anunciados hoje à noite numa cerimónia em Lisboa, que inclui atuações de, entre outros, Diogo Piçarra e Pedro Abrunhosa, SYRO e Bispo, e D.A.M.A com Buba Espinho.
Os músicos Slow J e Pedro Mafama, com três indicações cada, são os mais nomeados na 6.ª edição dos PLAY, promovidos pela Audiogest - Associação para a Gestão e Distribuição de Direitos e pela GDA – Gestão dos Direitos dos Artistas, em parceria com a RTP e a Vodafone.
A cerimónia de entrega dos prémios, que decorre no Coliseu dos Recreios e será apresentada por Filomena Cautela e Inês Lopes Gonçalves, tem início às 21:00 de Lisboa e pode ser acompanhada em direto na RTP1, RTP Internacional, RTP África, RTP Play e Antena 1.
Slow J e Pedro Mafama competem na categoria de Canção do Ano – com 'Where U @' e 'Preço Certo', respetivamente – e Melhor Artista Masculino.
Além disso, Slow J está ainda nomeado na categoria Álbum do Ano, com 'Afro Fado', e Pedro Mafama na de Melhor Videoclipe, com 'Estrada', realizado por André Caniços.
Na categoria de Canção do Ano, cujo vencedor é escolhido pelo público, além de Slow J e Pedro Mafama, estão também nomeados Ivandro, com 'Chakras', tema que conta com a participação de Julinho KSD, Bárbara Tinoco, com “Chamada não atendida”, Bárbara Bandeira, com o dueto com Ivandro 'Como tu', e Nuno Ribeiro, Calema e Mariza, com 'Maria Joan'”.
Os Calema estão, com os D.A.M.A., os Os Quatro e Meia e os Wet Bed Gang nomeados na categoria de Melhor Grupo.
Pelo PLAY de Melhor Artista Masculino, além de Slow J e Pedro Mafama, competem também Ivandro e T-Rex.
Indicados para o PLAY de Melhor Álbum estão, além de 'Afro Fado', de Slow J, 'Cor d’Água', de T-Rex, 'Portuguesa', de Carminho, e 'Vida', de Jorge Palma.
Carminho é uma das nomeadas ao PLAY de Melhor Artista Feminina. Além da fadista, competem também pelo prémio A Garota Não, Ana Moura e Bárbara Bandeira.
Para o PLAY de Melhor Videoclipe estão também nomeados, além de 'Estrada' de Pedro Mafama, estão indicados “Escura noite”, de Peculiar e realizado por Maria Beatriz Castelo, 'Fim do Nada', de Mizzy Miles, com T-Rex e Zara G, realizado por XZ, e 'Ressaca Bailada', dos Expresso Transatlântico e realizado por Sebastião Varela.
Os Expresso Transatlântico competem também na categoria de Artista Revelação, para qual estão nomeados ainda Ana Lua Caiano, Jüra e LEO2745.
Este ano foi criada uma categoria: Prémio Música Ligeira e Popular, na qual competem Zé Amaro, com o tema 'Meu coração de cowboy apaixonado', Sons do Minho, com 'Recomeçar', Bandalusa, com 'Sapato apertado', e José Malhoa, com 'Vamos ò baile'.
Na 6.ª edição dos PLAY são ainda atribuídos os Prémio Lusofonia, Melhor Álbum de Fado, Melhor Álbum Jazz, Melhor Álbum de Música Clássica/Erudita, Carreira e Crítica.
Os dois últimos não têm nomeados e são atribuídos pelos promotores dos prémios PLAY (Prémio Carreira) e por um painel de jornalistas da área da música (Prémio da Crítica).



Assinaturas

Edição de Hoje, Jornal, Jornais, Notícia, Diário de Coimbra, Diário de Aveiro, Diário de Leiria, Diário de Viseu