Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Festival de teatro Acaso regressa com companhias estrangeiras e é sinónimo de “muita luta”


Texto: Patrícia Gonçalves/ Foto: José Vicente quarta, 15 setembro 2021

A 26.ª edição do Festival Internacional de Teatro Acaso arranca esta quinta-feira e assinala o regresso de grupos estrangeiros com cerca de duas dezenas de iniciativas que vão percorrer a região até ao final de Outubro.


A programação do festival, promovido pelo teatro de grupo O Nariz, inclui muito teatro, programação infantil, comédia, música, um filme em estreia e o lançamento de um livro multiformato.


A iniciativa, que começa quinta-feira e se estende até ao final de Outubro, conta com companhias de teatro portuguesas, três espanholas, uma luso-alemã e Nicho, associação fundada pelo britânico Graeme Pulleyn, há vários anos radicado em Portugal.


As 21 iniciativas agendadas vão percorrer vários concelhos do distrito e ter como palco o Teatro Miguel Franco, o Mosteiro da Batalha, o Mercado Sant’Ana, o Teatro Stephens da Marinha Grande, a Casa da Cultura de Pedrógão Grande e a própria sede do grupo organizador. Com estas iniciativas, que requerem bilhete, O Nariz pretende “levar o teatro a todos”, numa edição que é sinónimo “de muita luta”.

Leia a notícia completa na edição em papel.