Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Distrito de Leiria: Área ardida este ano é mil vezes menos do que em 2017


Helena Amaro / foto: LFC/Arquivo sexta, 10 agosto 2018

A diferença é astronómica e reveladora do impacto no território do distrito de Leiria do incêndio que deflagrou em Pedrógão Grande no ano passado. 
Segundo os dados divulgados pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), entre o dia 1 de Janeiro e 15 de Julho do ano passado, a área ardida contabilizada aponta para 25.122 hectares consumidos pelas chamas. Destes, 24.875 foram consumidos no Norte do distrito, nomeadamente nos concelhos de Pedrógão Grande (20.072), Figueiró dos Vinhos (4.169) e Alvaiázere (634), fruto do grande fogo que deflagrou no dia 17 de Junho, em Pedrógão Grande, que provocou 66 mortos e mais de 200 feridos, destruiu cerca de 500 casas e quase 50 empresas.
Em igual período, mas já este ano, os dados provisórios são de 28 hectares ardidos, que representam qualquer coisa como cerca de mil vezes menos de área ardida.Ainda de acordo com o ICNF, arderam 10 hectares de povoamento, 13 de matos e cinco hectares correspondentes a zonas agrícolas, num total de 28 hectares ardidos.

Quando comparado com o resto do continente, Coimbra e Leiria são os últimos da lista no que toca à área ardida, com 23 e 28 hectares consumidos pelas chamas, respectivamente, nu­ma tabela liderada por Braga e Guarda, com 877 e 785 de área total ardida, respectivamente, desde o início do ano e até 15 de Julho.

Leia a notícia completa na edição em papel.

Diários Associados